quarta-feira, 22 de junho de 2011

Maçãs para uma sobremesa rápida



Continuando o post do carapau na folha de banana, reforço que meu domingo foi dia de trabalho e não de relaxar na cozinha, por isto almoço e sobremesa foram no melhor estilo fast food (há por aí o pior).  Enquanto almoçávamos, aproveitei a brasa que assou o peixe para amaciar umas maçãs. Poderiam ser bananas na casca.  Almoçamos e voltamos rapidamente ao trabalho. O Marcos estava no quintal lidando com podas, que invariavelmente me obriga a estar por perto para fazer o controle e minimizar perdas (inevitáveis).  É a escada que prensa na parede o galho de tomatinho, é a poda de um ramo que parece ser terminal mas é a matriz de vários outros, é um pisão aqui, outro acolá etc. Então, como sou apegada às coisas, fico ali só palpitando e colhendo o que seria perdido - de vagens de orelha-de-padre a tomatinhos verdes e maduros. Enquanto isso,  comemos rusticamente as maçãzinhas feitas na brasa - num primeiro momento, com as cascas diretamente sobre a grelha e depois, viradas, sobre pedacinhos de folhas de bananeira que sobraram do peixe. Aí foi só espalhar por cima mel branco de Cambará do Sul, que ganhei da amiga Giovana Tucci, e polvilhar um pouco de canela. Pausa no trabalho para apreciar aquele creme que se fez sem intromissão - só tempo e calor. E, comer maçãs macias de colher ao ar livre meio gelado de quase inverno cheirando a lenha queimada com o ser amado, é tão bom que já podemos voltar às obrigações.


7 comentários:

Beth disse...

Amo maçãs assadas, no inverno então, é a sobremesa de "quase" todos os dias. Asso na grelha de uma forma chamada "Bom Apetite", colocada sobre uma boca do fogão à gás. Mas, a sua, junto a natureza e ao amado, o sabor deve ser indescritível!

veronika paulics disse...

e o que você faz com os tomatinhos verdes? espera madurar ou? acho que domingo foi o dia do santo podador. bj.

Neide Rigo disse...

Beth, este jeito que cita não conheço, mas maçã cozida é boa de qualquer jeito.

Veronika, os tomatinhos verdes foram colhidos porque o galho quebrou. Mas pode ser fatiado e colocado em saladas. Os meus estão aqui do mesmo jeito ainda. Agora há pouco teve colheita de feijão mangalô (orelha-de-padre). bjs,n

Lina disse...

Olá, Neide, as tuas maçãs e a descrição que fizeste quase trouxeram o aroma dessa deliciosa receita até aqui...Cá em Portugal é uma sobremesa muito apreciada,a maçã assada, feita no forno convencional, ou à lenha. Eu às vezes até faço no microondas, quando tenho maçãs sobrando, de várias qualidades, corto-as aos pedaços, levo ao micro num pirex e no fim polvilho com canela. Simples assim, ou a acompanhar uma bola de gelado(sorvete)fica uma delícia! É claro que com a companhia do nosso amor é muito melhor...
Beijinhos

Deborah - Delicias1001 disse...

Eu tb faço maças assadas na hora do aperto, mas uso meu micro.
Deliciosas!
Venha me visitar tb. Adorei o seu canto!
Bj

Sobremesas rapidas disse...

oi!! tudo legal concordo com todos os comentários as maçãs assadas são mesmo uma delicia e muito rápidinho de fazer amei ... uba

Anônimo disse...

Quando faço churrasco em casa, asso tudo que tem na geladeira: cabeças de alho inteiras e batatas doce embrulhadas em 3 voltas de papel aluminio, jogadas ao lado da brasa no começo do churras.
Milho verde, cebola com casca e tudo (espeto uns cravos pra dar sabor), abobrinhas, tomates, pimentoes, brocolis regados a azeite e pimenta do reino moida na hora. De sobremesa, alem das batatas doce, bananas, figos, pessegos e morangos assados com mel e canela (e quando esta frio, flambados com um pouco de cognac)! Meu filho adora!
Eider