quarta-feira, 16 de março de 2016

Pão de batata-doce roxa

A batata doce roxa, a gente colheu na horta comunitária conforme mostrei no post de ontem. O taro, ganhei da leitora do blog Patrícia Jean, que me trouxe de presente quando veio para o pancnacity. E a receita, bem, esta tem sido sempre a mesma. Toda semana faço pão, sempre usando a mesma fórmula, só variando os acréscimos. Basta dar uma espiada aí na coluna do lado direito, no instagram.




Então, pra não ficar me repetindo, deixo a opção de aprender o preparo só para os verdadeiramente curiosos, que vão clicar o link. O jeito de fazer é praticamente igual ao dos pães de abóbora que publiquei aqui.

Então, deixo aqui só a fórmula:



Pão de batata-doce roxa com taro:  35O g de levain, 1 kg de farinha de trigo branca orgânica, 15 g de sal, 400 g de taro, 400 g de batata-doce roxa (cozidos, em purê), 500 ml de água (ou mais, dependendo da umidade dos legumes). Por último, um punhado de uvas passas amarelas. 

Um comentário:

Unknown disse...

Oi, Neide!! Parabéns pelo blog e pelos pães! Venho tentando obter um bom resultado com fermentação natural, mas não está nada fácil... Meu levain faz crescer a massa, mas na hora de fornear não cresce! Fica muito azedo e não fica macio como o seu parece ficar... O seu até racha de tanto que cresce.... Snif!!! To quase desistindo de pão caseiro, exceto quando decido usar fermento industrial, aí não tem erro. Muito obrigada por compartilhar suas técnicas e receitas!!! Abraço, Leticia.