quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Paçoquinha de fuba com castanhas brasileiras

Um dos preparos que apresentei no Paladar Cozinha do Brasil foram estas paçoquinhas que fiz usando a farinha de fuba (leia-se fúba e não fubá), que aprendi a fazer com a querida Ana Rita Suassuna.   



Já expliquei o jeito de fazer a fuba aqui, mas explico de novo: é só tostar grãos secos de milho (de preferência, orgânicos) e triturar usando pilão ou moinho de cereais - o meu é um manual, muito bom, que comprei no mercado da Lapa, box 11.

Para a paçoquinha, juntei, em vez de só amendoim, também outras castanhas nossas como a amazônica (castanha-do-pará), a de caju, o licuri e o baru.  

Aqui vai a receita: 

Foto do Paulo Machado 
Paçoquinha de fuba com castanhas brasileiras 

500 g de fuba 
200 g de amendoim torrado e sem pele 
50 g de farinha de castanha (ou castanha triturada)
50 g de de castanha de baru triturado 
50 g de castanha de caju triturada 
50 g de licuri triturado 
1/2 colher (chá) rasa de sal 
200 g de açúcar mascavo 

Misture tudo muito bem, triture novamente todos juntos (ou tente passar no liquidificador ou processador). Modele em forminhas como uma de mini cubos de gelo apertando bem. Desenforme e sirva. 


5 comentários:

Juju Gago disse...

faltou dizer como fica cremosa e crocante essa delícia!
muito muito boa!

bei ju

Anônimo disse...

Ah, Neide, você salvou minha vida com essa receita de fuba!!! Minha sogra trouxe um pacotinho de Campina Grande da última vez que veio para SP (há quase dois anos), eu e o marido não sabíamos o gosto nem como comê-la.
Improvisei um fundo de torta com bolachas moídas e a fuba, por cima uma ganache de chocolate amargo, e a bendita deixou saudades. Perguntei em tudo que é casa do norte pela fuba e para minha surpresa ninguém conhece, e olh que moro num bairro onde nordestinos são os pioneiros... aí vem você e passa a receita, tão simples!
Muito obrigada por compartilhar sua cultura conosco!
Abraços, Cristiane Yumi

Neide Rigo disse...

Juju, obrigada pelos braços fortes pra moer a paçoca.

Cristiane, que ótimo, hem? Agora você pode fazer.

Um abraço,n

Brendo de Lima disse...

Será que eu conseguiria fazer estas sem amendoins ou castanhas? sou alérgico à amêndoas, nunca comi paçoca rsrs Será que fica bom??
Grande beijo e obrigado pela receita!!!

Neide Rigo disse...

Brendo, deve ficar, sim!

N