segunda-feira, 6 de julho de 2015

Café paulista

A amiga Helena Musa avisou: o pé da café na casa de minha mãe, na Vila Ipojuca, está carregado. Vamos lá colher?  Claro!

Combinamos de nos encontrar e lá estávamos no outro dia pela manhã. Um quintal lindo, cheio de serralhas, carurus e taiobas. Nem parece São Paulo. Juju, minha nova ajudante, e eu lá fomos com emborná a tiracolo para trazer toda a colheita.

Colhemos, tomamos café e voltamos Estava crente que teria os dias seguintes com sol e só choveu. Mas os grãozinhos estão aqui secando devagar. Vão pra fora, voltam pra dentro e vamos ver se conseguimos umas três xicrinhas de café bebida fina. Por que mesmo as pessoas deixaram de ter um pezinho de café nos quintais?


5 comentários:

Andrea Bitencourt disse...

Olá Neide!!
Ter a chance de colher café direto do pé não tem preço! Isso realmente é cada vez mais raro nas áreas urbanas!
Beijos e lindo dia pra ti! =)
www.deliciasdavodeo.com.br

Paula Mello disse...

Neide, moro no bairro e também tenho um quintal cheio de pé de fruta!! Já tentei o café, mas não consegui. Se tiver dicas da sua amiga sobre o plantio e a manutenção, agradeço =)

Não existe sensação mais gostosa do que ir no quintal e pegar na hora um ingrediente para uma comida bem gostosa! Uma erva, uma fruta, hummm é bom demais. Todo mundo deveria ter pelo menos uma floreirazinha com temperos, né?

Adorei. Depois venho ver se você conseguiu secar e fazer o café!

beijossssss

adelia sylvia penna ramos disse...

Concordo com Paula Melo: tudo que a gente planta tem sabor especial! E esse cafezinho será mais que gostoso.
beijos

Calebe disse...

Dizem que o café retirado direto da arvore é muito gostoso. Nunca comi o fruto, mas tenho essa curiosidade. Um dia, quem sabe, plantarei um pé de café em minha casa (quando a possuir).

Renato Barreto disse...

Oi Neide,
Nada como cultivar, colher, e consumir os nossos próprios alimentos, é como adicionar uma pitadinha de nós mesmos em cada prato. Ou xícara, nesse caso. =)

Fiquei curioso para saber como se processa o café em casa desde a colheita até chegar ao pó.
Estou torcendo para que seu café seque logo e aguardando as novidades.

um abraço,
Renato