terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Reveillon comunitário no asfalto. Feliz 2015!

Talvez seja tarde demais para lhe contar como passei meu Reveillon, mas pode ser uma ideia precoce para o próximo ou para qualquer data enfadonha que nos faz querer se isolar do mundo.

Neste ano a ideia era ficarmos quietos em casa, Marcos e eu, já que não viajamos e nossa filha Ananda estava na praia.

Mas minha amiga Mônica disse que queria passar com a gente e foi aí que tive a ideia de fazer, então, um picnic de passagem, porque se passar em casa a é ficar no sossego, em três é sem-graça e eu adorei que ela nos deu a deferência. Vamos juntar mais gente, então. A ideia foi crescendo, convidei os vizinhos de muro Ana e José Antônio, que toparam na hora, e mais gente, sozinha ou acompanhada, e ainda outros vizinhos foram se juntando.  Pensamos antes numa praça, mas seria muito mais prático fazer na rua atrás de casa, afinal poderíamos dispor de banheiros e teríamos a facilidade para carregar mesas e cadeiras. O estacionamento do clube ficaria vazio e pedimos para montar nossas mesas ali. Não só permitiram, como deixaram as luzes acesas pra gente. A maioria vestiu branco - foi nosso jantar em branco tupiniquim - e todos trouxeram comidas e bebidas que ficaram numa grande mesa. Claro, apareceram ali pratos não-convencionais como jaca verde com guasca, lentilha com guasca, caroços de jaca condimentados, curry de manga verde,  refresco de hibisco, suco de manga verde etc. Uma mesona sem fim com muita sobra de comida para o outro dia.

Até enfeite havia.  A Ana levou flores e tochas e eu levei velas e as estrelas que achamos numa caçamba. No final, muitos outros vizinhos também foram chegando de última hora. À meia noite, sem arrombos de felicidade forçada, tivemos abraços e até fogos que, para infelicidade da Dendê, dos passarinhos e todos os bichos, alguém soltou numa praça próxima. Sorte que não duraram muito e eram bonitos.

Achei este um bom modelo de reveillon ou qualquer comemoração, pois quem estava sozinho passou acompanhado, quem queria sossego também encontrou,  ninguém precisou pensar muito em cardápio variado, que se fez naturalmente, e parece que todo mundo se divertiu, bebeu sem exageros, tomou umas cinco gotas de chuva,  que só vieram para refrescar, e ainda teve ânimo para lavar a louça, dividir as comidas e bebidas e ir embora alegre para começar um ano bom sem ressacas. Os vizinhos gostaram tanto da experiência que já estão pensando no próximo encontro mesas-na-rua mesmo antes do fim do ano.

Algumas pessoas presentes, conheci através do Come-se e sei que entre os leitores do blog estão muitos outros amigos com quem já tive o privilégio de estar pessoalmente e tantos outros que um dia hei de conhecer. Por isto, espero que 2015 seja um ano em que eu tenha mais tempo para me dedicar aos leitores, seja mostrando algo que lhes seja útil ou respondendo aos comentários que muitas vezes apenas tenho tempo de ler (sim, pelo menos eu leio todos).

Por fim, desejo que todos tenham muita saúde para ir atrás de seus desejos e felicidades.

Aqui, mais fotos:





Minha irmã Suzana, em primeiro plano.



12 comentários:

Juliana Valentini disse...

Que delícia! Altas comemorações, aromáticas e enebriantes! Fenomenal como festas mais elegantes!!!
kkkkkk
Queria ser sua vizinha de muro!
Beijo grande, um abraço bem apertado em você e no Marcos e um 2015 de muitas realizações!
Ju

Juni disse...

Bela comemoração! Desejo um bom ano a você e toda sua família.
Obrigada por compartilhar momentos deliciosos conosco.

Maria Teresa Valente disse...

Que linda a sua comemoração. Acho que deveríamos celebrar assim, juntando as pessoas próximas, sem muita ostentação, na simplicidade. Aliás, os pratos estavam lindos e apetitosos. Agradeço por partilhar, desejo que seja sempre abençoada, desejo também um feliz e próspero 2015. Abraços carinhosos
Maria Teresa

Eloisa Vidal Rosas disse...

Neide, bacana, solidário, simples e ecológico, coerente com esse seu estilo que se percebe no blog!
Que sejamos melhores para este 2015!
Beijão, Eloisa.

Kitanda Brasil - Quitandas e Quitutes disse...

Que jeito bonito de começar um ano, Neide.
Que 2015 seja um ano de muitos sabores, aromas, e ingredientes a serem descobertos.
beijos

Silvia Orchidea disse...

Neide,
Excelência é a palavra para essa passagem de ano! Que muitas se repitam!

Mais um ano de celebrações de bons momentos e outros não tão bons..., mas sempre no foco da aprendizagem.

Alegrai-vos! Regozijai-vos sempre” (1 Ts 5.16)

Um 2015 de muitas alegrias e saúde
S.O.
Rio

Maria disse...

Neide sempre inspiradora. <3

Lucas disse...


Em parceria com a Google e com o Grupo VIP oferecemos telas mosquiteiras SP importadas dos estados unidos aos clientes que querem proteção e bem-estar para sua família, isto porque o produto não propaga chamas, fungos ou mofos, são telas de fácil limpeza e protegem sua família contra picadas de insetos, principalmente os mosquitos da dengue. Telas mosquiteiras em São Paulo, telas mosquiteiras campinas, telas mosquiteiras valinhos, telas mosquiteiras vinhedo, telas mosquiteiras granja vianna, telas mosquiteiras alphaville, telas mosquiteiras tamboré , telas mosquiteiras jundiai.

telas mosquiteiras , telas mosquiteiras SP, telas mosquiteiras valinhos, telas mosquiteiras vinhedo, telas mosquiteiras granja vianna, telas mosquiteiras alphaville, telas mosquiteiras tamboré , telas mosquiteiras SP.



VIP SERVIÇOS

Se você procura eletricista instalador, conversão de tomadas, instalação de lustres e luminárias você encontrou a solução: VIP Serviços Residenciais, uma empresa do Grupo VIP, sinônimo de qualidade.

Anônimo disse...

Neide, estava bom demais o réveillon!!!A festa foi sendo construída conforme cada um chegava, foi realmente uma comemoração em grupo como há tempos eu não participava.
bjo Ana

Anônimo disse...

Oi,Neide

Sou leitora do blog. :)
Achei esta ideia maravilhosa!
Feliz Ano Novo!

Beijos, Claudia

Profª Doralice Araújo disse...

A ideia é ótima, Neide.

Drika disse...

Neide querida, eu acreditei que o convite para passarmos uma "virada"juntas"tem tempo indeterminado e fico feliz que tenha sido mais um momento especial como tudo o que você faz, estarei no próximo.
Não consegui escrever sobre Piracaia, me faltam palavras, nesse momento sai: que Guararema tem espaço pra você.
Temos pouco tempo de amizade, mas voce sabe que tenho um amor e admiração imensa por você. Conte comigo! Vou te ligar. Feliz ano todo! Abraço enorme. Drika