quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Colhendo cebolas ou cebolinhas a depender de sua atitude na cozinha

As cebolinhas da esquerda resultaram da base da cebola. A cebolinha
roxa e verde foi arrancada da terra só pra aparecer na foto, mas resulta do
miolo da cebola plantado e vai virar uma cebolona (voltou pra terra). Os
miolos ao lado são os que estavam guardados na geladeira, prontos pra
irem pra terra. 
Já falei sobre o jeito certo de cortar cebolas (pra poder plantar) neste outro post. E também aqui.  Mas volto aqui pra dizer que continuo guardando os miolos de cebola. Só que aos poucos a gente vai se aperfeiçoando na arte da observação. O que faço agora é ir guardando os miolos, como mostrei no outro post, dentro de um pote plástico conservado na geladeira. Mas também poderia ir plantando um a um. Quando acumulo um tanto, arrumo um lugar e planto todos de uma só vez.  Todos num só vaso, um em cada vaso, onde tiver um pedacinho de terra sobrando, enfim.  Se não dão cebola, rendem ao menos a verde cebolinha pra usar na finalização.

O que queria contar agora é que, mesmo se você planta só a bundinha da cebola com um resquício de raiz, ela vai te dar de volta várias cebolinha à moda das chalotas. Lindas, agrupadas na base que foi plantada.

Se você corta a cebola nas laterais, mantendo o miolo inteiro e alto e planta este miolo, o resultado é uma cebolona enorme. Se você planta a cebola cortada pela metade (consequentemente o miolo foi cortado na metade da altura), as cebolas serão únicas ou agrupadas, de tamanho médio.

É claro, o plantio comercial de cebolas deve ser muito diferente, mas em casa é divertido (e algo econômico) colher sua própria cebola tendo como custo apenas a lembrança de guardar o miolo ou a base.

Veja algumas fotos pra ficar mais claro:

Se a base é plantada, o resultado são várias cebolinhas à moda das chalotas
Aqui,  foram pra terra cebolas pela metade e o resultado são cebolas médias,
únicas ou em grupos de duas ou três 
Parte de uma cebola roxa vinda do miolo plantado inteiro
Cebola roxa, resultado de um miolo plantado inteiro 
Resultado do miolo plantado inteiro. Olhe a cebolona! 

De peso considerável 



13 comentários:

Juliana Valentini disse...

Espetacular, adorei!
Adivinha se agora vai ter cebola cortada inteira aqui nesse sítio…
Beijo grande, e obrigada por sempre ensinar tanto!
Ju.

Marília disse...

Neide,
quando tempo após o plantio podemos colher a cebola?
Grata

Neide Rigo disse...

Ju, ainda mais você como tanto espaço.. Depois eu quero ver.

Marília, em casa a gente pode colher a qualquer tempo, mas ela estará totalmente pronta quando a parte aérea começar a secar.

N

marta alves disse...

Adorei!
Obrigada pelas suas dicas
Bjinhos

César disse...

Oi Neide
Realmente essa sua técnica é bem peculiar ao plantar cebolas com o fundo delas mesmo. Com relação à técnica do miolo não entendi muito bem. Li os outros 2 artigos seus anteriores sobre esse assunto e ainda não entendi como separar o “miolo” da cebola. Devo cortar a cebola com cuidado mantendo parte dela (o miolo) com a raiz e plantar esse “miolo”? É isso mesmo?
Um abraço
Antônio César

Leticia Cinto disse...

Adorei! Vou começar a plantar aqui tb :)

Gilda disse...

Nem acredito! Ainda hoje estava namorando as espigas ainda verdes no meu muro. Há dois anos apenas consegui entender que teria que colher ainda verdes para roubar dos passarinhos. Fui atrás do cheiro, achei caída no chão já perdendo os "ladrilhos" e já sabia do caso da Princesa Izabel, então provei e amei. Acho que foi a primeira coisa que provei antes de você. É muito bom mesmo.

Marília disse...

Neide,
conhece a árvore Chicá-do-Cerrado/ Amêndoa-do-cerrado? (Sterculia chicha)

Dá uma procurada. Os frutos dão em conjunto de +- 5, com 5 a 8 sementes. Come-se as amêndoas de dentro, que são grandes e fáceis de remover. Além disso, a árvore floresce o ano inteiro, ou seja, mais frutos. Baita potencial! Sem falar na beleza que são os frutos e flores. Precisa conhecer!
bj

Maria José disse...

Bom dia, Neide. Meu nome é Maria José e há poucos dias conheci o seu blog por recomendação de uma amiga, a Marli, uma colega de trabalho. Somos funcionáras públicas em Campo Grande/MS.Já estou ficando viciada em ler o seu blog todos os dias. Parabéns pelo seu maravilhoso trabalho.

Profª Doralice Araújo disse...

Adorei e agradeço pelas informações preciosas, Neide Rigo.

Marli disse...

Oi Neide! Essa dica da cebola, me fez lembrar de uma dica que recebi de uma amiga, mas para cortar a coroa do abacaxi (maduro) e plantar num local bem ensolarado e não é que deu certo, tenho colhido abacaxis docinhos no meu quintal... e por falar nessa deliciosa fruta, você poderia nos trazer algumas receitas, não é mesmo! Vou aguardar!
Obrigada, você é um anjo sem asas!
Beijos! \O/, Marli, aqui de Campo Grande/MS.

Neide Rigo disse...

César, você entendeu sim. É isto mesmo.

Letícia, espero que dê certo.

Gilda, você está falando do outro post, mas tudo bem. É isto mesmo, se a gente não colhe antes, perde para os passarinhos.

Marília, eu conheço mas nunca comi. Já até tive em mãos a casca sem as sementes. Mas hei-de.

Maria José, seja bem-vinda!

Doralice, agora é só sair por aí observando.

Marli, sim, o abacaxi também planto assim. Obrigada pelas palavras de elogio!

Um abraço,n

obat pelangsing yang aman disse...

hi,, just visit this site,, have a nice day :)