segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Feijoada? Só que não. Verde jaca com feijão

Respondendo à charada do último post, é jaca verde. E desta vez estava fácil, pois a maioria acertou. Bem, pelo menos dois dos que responderam, Osmar e Guilherme, puderam provar o ingrediente na "feijoada" feita no sítio. E talvez mais uma pessoa que não assinou. Ana?  Mas também teve resposta como champedaque ou fruta-pão, ambas da mesma família.

A foto mostra simplesmente uma jaca verde cozida e fatiada, pronta pra entrar no feijão.

Quem já comeu jaca verde (e aqui mesmo no Come-se há algumas receitas), sabe que ela, depois de cozida, tem textura de carne e pode se fantasiar de peixe e frango.

No feijão do sítio, juntei rodelas de cenoura e, na hora de servir, páprica
defumada frita no azeite.
A ideia de colocar no feijão, e outras pessoas já devem ter feito o mesmo, veio quando tive que improvisar uma alternativa num almoço em que o prato principal era frango e entre os amigos havia dois vegetarianos. Aproveitei que havia colhido algumas jacas verdes na calçada de uma vizinha e juntei os pedaços ao feijão preto. Servi com arroz integral, salada de couve e farofa. Claro, não é uma feijoada, é só um feijão preto com jaca verde. Então, se vai com a boca ao prato tentando encontrar aquele delicioso sabor de carnes defumadas, esqueça, vai se decepcionar. Mas se tiver curiosidade e abertura para novas descobertas no mundo vegetal e, principalmente, se não estiver buscando na jaca um substituto perfeito para a carne, poderá se surpreender com o sabor algo adocicado, a textura das fibras macias como carne seca, e a coloração rosada como lombinho.   No fim, vegetarianos e carnívoros comeram o feijão e aprovaram.

Na rua de casa

Já mostrei pratos com jaca verde aqui e ali.

Como preparar a jaca:  escolha jacas verdes do tamanho de chuchus ou, no máximo, de abacaxis. Cozinhe com casca, cortadas em quartos (besunte os utensílios com óleo antes de cortar, para a seiva não aderir) ou inteira. Se cortadas, em cerca de 25 ou 30 minutos estarão macias. Gosto de cozinhar inteira e, neste caso, poderá levar até 1  hora, coberta com água. Escorra, corte fora as cascas e pique a polpa, que poderá ser usada como qualquer outro legume ou em moquecas, recheios, saladas etc.  Veja mais detalhadamente neste post.

Jaca verde com feijão preto
A jaca verde pode ser cozida inteira ou em pedaços

Depois de cozida deve ser picada e fervida com temperos e caldo de feijão

Nesta, não usei cenoura e a páprica, só adicionei ao tempero 




Cozinhe o feijão preto como de costume, com folhas de louro, mas desligue o fogo enquanto ainda tem bastante caldo e os grãos não estejam completamente cozidos. Reserve. Numa panela à parte, refogue alho e cebola em óleo, junte pimentão de duas cores cortados em quadradinhos e refogue. Junte a jaca cozida cortada em pedaços, sal, cebolinha picada e, se tiver, páprica picante defumada à gosto. Cubra com caldo do feijão e deixe ferver por cerca de 10 minutos para a jaca pegar gosto. Junte todo o feijão cozido com o restante do caldo e deixe cozinhar até o caldo engrossar. Prove o tempero e corrija, se necessário. Sirva como qualquer outro feijão: com arroz, farinha, banana, laranja ou ao seu gosto.

6 comentários:

Anônimo disse...

Neide, vc acertou no prato, na escolha do ingrediente para os amigos vegetarinos.
A feijoada de jaca verde, ou jaca verde com feijão , é bom demais!!!!. Para os que detestam jaca, digo não há sinal de jaca. Ah! e vc tbém acertou na ana, a que insiste ser anônima.
bjo ana

Anônimo disse...

Neide,

Caso seja interessante para você:

http://sao-paulo.estadao.com.br/noticias/geral,ong-quer-resgatar-mata-da-cantareira,1590918

aguiar disse...

Que maravilha! Que surpresa boa!
Gosto de fazer e comer feijão! Mas com jaca nunca fiz, e já vou providenciar uma para testar e apresentar para minha família, pois adoro o suspense...vão pensando que é uma coisa e é outra!
Sempre faço feijoada com legumes com bastante tempero e já ouvi uma vez "A gente sente o cheiro do feijão da Neyd e imagina uma porção de coisas, quando se serve é chuchu, repolho, cenoura, couve...rsrsrsrs"
E assim segue a vida! E aprendendo , que melhor? Bjs

Anônimo disse...

Neide,

Como você tem propriedade em Piracaia talvez a informação no link abaixo lhe interesse:

http://www.sosma.org.br/101340/edital-preve-plantio-de-1-milhao-de-mudas-cantareira/

António Jesus Batalha disse...

Muito bom o seu blog, estive a percorre-lo li alguma coisa, porque espero voltar mais algumas vezes,
deu para perceber a sua dedicação em partilhar o seu saber.
Se me der a honra de visitar e ler algumas coisas no Peregrino e servo ficarei radiante.
E se gostar e desejar comente.
Que Deus vos abençõe e guarde.
António.

Das Ist Ciência disse...

Querida Neide, seu blog é muito bom, ja me salvou algumas vezes na cozinha rsrs, voce gosta de ciencia? Tipo curiosidades sabe? Se gostar, por favor de uma olhada no meu blog :D, desde ja agradeço. Blog: dasistciencia.blogspot.com