quarta-feira, 1 de maio de 2013

O trabalho no Senegal

 

Está aí um trabalho que gostei de participar. Se quiser saber mais sobre a viagem e este trabalho de promoção dos cereais locais no Senegal, é só ir à caixa de busca aí do lado e digitar Senegal. Há vários posts respeito. 

7 comentários:

UOLTube disse...

Interessante seu trabalho.
Parabens.
Gostei dos videos.
Continue assim.

Aquarium disse...

sensacional!!!

Juliana Santos disse...

Neide, quero parabenizá-la por seu trabalho!!!

Nesta segunda fui ao Bistro Zym, onde tinha uma representante do Slow Food, daí comente sobre vc com a chef Claudia Mattos, que lhe conhece!!!

Fiquei tão feliz!!!

Quando crescer, quero ser assim, bom é saber que estou no caminho, na direção certa, e que há pessoas como vc para nos direcionar ;)

Forte abraço!

http://curcumarock.blogspot.com

Anônimo disse...

Muito legal!

Fernando Goldenstein Carvalhaes disse...

Lindo trabalho Neide. queremos experimentar o Mil.

Beijos

Anônimo disse...

Boa tarde, Neide! Todas as vezes em que visito seu blog,encontro informações maravilhosas; estou prestes a inaugurar minha forma de alumínio para uso direto na boca do fogão, seguindo suas dicas e acabei de me divertir com os seus bolinhos explosivos... Há meses tenho procurado em vão aqui em São Paulo-Capital (resido em Santo André-SP)por "Guariroba" em conserva e também por "Feijão Manteiguinha de Santarém"; semana passada estive no Brás passando pelas mais diversas Casas do Norte, mas nada de encontrar; porém, só para não perder o passeio, trouxe inhame do Nordeste, cajuada cristalizada (uma saudosa alusão ao extinto doce da Maguary...), camarão seco e rapadura cearense. Se você souber onde eu poderia encontrar essas duas preciosidades por aqui, fico de pronto muitíssimo agradecida. Muito obrigada - Cleusa M. Dias

Gilda disse...

Emocionante! Esse trabalho foi lindo de verdade. O vídeo conta uma história de dedicação, sucesso e de esperança. Uma linda lembrança