quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Quiabos recheados com farinha de feijão

Ainda não colhi muitos quiabos em Piracaia, mas os poucos que consegui, resolvi fazê-los recheados à moda indiana. Claro, inspiração cheia de liberdades. O farinha de feijão original é de variedade diferente daquela que encontramos aqui feita de feijão fradinho para acarajé. Mas não deve ser muito diferente o resultado. Encontro esta farinha com facilidade no Mercado da Lapa, em caixinha ou a granel. Já mostrei a mesma aqui, no acarajé, e naqueles bolinhos no vapor.   
Os quiabos são abertos, recheados com uma mistura de feijão e temperos e depois fritos em óleo temperado com sementes de cominho e de mostarda. Podem ser servidos com molho, puros ou decorados com folhas de coentro e coco ralado. Se você procurar no google stuffed okra ou bhindi massala, vai encontrar uma infinidade de variações. Há até os feitos com outras farinhas, nozes, amendoins,  e versões assadas, como esta. Vá direito ao google imagens e escolha pela aparência. Posso dizer que ficam deliciosos desde que os quiabos estejam bem tenros. Podem ser servidos com arroz, carne ou como aperitivo para acompanhar cervejas (ladies finger como finger foods). Bem, a minha versão ficou assim: 



Quiabos recheados com farinha de feijão 

Lave bem 250 g de quiabos tenros. Corte as extremidades e faça um corte no meio. Reserve. À parte, misture 3 colheres (sopa) de farinha de feijão fradinho (para acarajé) com suco de 1 limão taiti, 1 colher (chá) de cúrcuma em pó (açafrão-da-terra), 1 colher (chá) de pimenta ardida em flocos ou fresca (dedo-de-moça) picada a gosto, 1/2 colher (chá) de açúcar e sal a gosto. Misture para formar uma pasta. Se precisar,  junte um pouco de água. Tem que ficar com consistência de pasta para recheio. Recheie os quiabos, pressionando a pasta nos cortes, como pode ver na foto. Numa wok ou frigideira grande, aqueça 2  colheres (sopa) de óleo e junte 1 colher (chá) de sementes de mostarda marrom, 1/2 colher (chá) de cúrcuma em pó e, opcionalmente, 1 pitada de assafétida. Acrescente os quiabos cuidadosamente e tampe a frigideira. Deixe cozinhar em fogo baixo até que estejam cozidos, ligeiramente dourados e com o recheio firme. Se quiser, decore com coco ralado e folhas de coentro. Eu não quis. 

Sugestão: imagino que fiquem gostosos também se fritos no dendê e talvez com um pouco de camarão seco socado misturado ao recheio.  E se quiser fazer render os quiabos, é só cortá-los ao meio e fazer metade quiabo, metade recheio, como fiz nesta versão aí embaixo.  E nhac! 



3 comentários:

Sandra Batista disse...

Nunca comi quiabos...pelo aspeto tão tentador fiquei com vontade de experimentar!
Beijinho

Bruna Buesso disse...

Adoro quiabo frito, mas sempre tenho dificuldade na hora de escolher os quiabos, como sei quando estão bons ou não?

Essa ideia de quiabo recheado é novidade, nunca tinha visto, parece ficar uma delícia!

Beijo!

Anônimo disse...

Oi, Neide,interessante a receita de quiabos. Queria experimentar,mas não tenho todos os ingredientes ... Bruna Buesso, respondendo à sua pergunta sobre escolha de quiabos, tenho experiência de anos e anos colhendo-os (papai plantava comercialmente), faça assim: escolha os quiabos pelo tamanho e pelo visual, os menores costumam ser mais tenros e aqueles com a aparência mais lisa não terão as sementes duras. Evite quebrar as pontas dos quiabos, só vai melar e estragar os quiabos que vc não comprar. Mas tb é possível que vc encontre quiabos maiores e tenros, dependendo da variedade. Boa sorte. Liliana