sexta-feira, 13 de abril de 2012

Guaco no coco

Guaco no coco
Cacto na tampa do desodorante
Eu estava me achando super esperta por pensar em criar tubetes naturais para fazer mudas e levar para o sítio, sem precisar acumular um monte de vaso plástico feio e sem precisar tirar do suporte na hora de plantar. O próprio vaso se decomporia na terra. Testei casca de banana - comi a polpa com colherinha e coloquei para secar, bem raspado, e com casca de abacate que raspei bem, comi toda a massa, lavei e deixei secando. Depois fiz furos no fundo com ferro quente. As de banana ficaram interessantes, mas não sei onde foram parar. Plantei algo nelas e apoiei em algum dos vasos grandes que vivem cheios de espécies novas. Acho que se desmancharam, pois não as encontrei. A única foto que tenho é delas novas, ainda secando. Depois viraram mesmo tubetes bem pretos e flexíveis, mas encolheram bastante. São boas para fazer sementário, mas tem que ser colocadas em um apoio que as deixem em pé, como os tubetes de plástico.  Já a casca de abacate ficou firme, com bom tamanho para plantio de mudas - as que hoje estão lá são de sementes de manjericão-cravo.  E ainda para em pé. 


Tubetes de banana 

Vaso de casca de abacate 
Bem, por tudo isto,  já estava bastante feliz e me sentindo criativa. Mas nesta semana a Cris, uma amiga da rua de baixo, passou aqui e me deixou duas mudas quando eu não estava. Quando abri a sacola, fiquei feliz pela planta que eu muito queria - já tive e perdi, mas também pelo suporte. Percebi que muita gente já deve estar pensando em soluções assim, para evitar os vasos plástico e não precisar gastar muito dinheiro comprando vasos ecológicos em supermercados. E a ideia dela foi muito mais original. Um pé de guaco plantado numa concha de coco verde. Como não pensei nisto antes? O coco é grande, deve demorar um pouco mais para se decompor (claro, a intensão é enfiar todo o conjunto na terra)  e, se furar, é possível ter uma boa drenagem até a planta enraizar. E deve-se antes comer toda a polpa, raspando bem (claro, se a água do coco foi bebida por você - pois eu pretendo trazer pra casa vários cocos alheios e, neste caso, vou desprezar as polpas) 


De quebra, Cris ainda mandou duas outras mudas dentro de outro vaso inusitado: uma tampinha de desodorante. 


O guaco (Mikania glomerata) tem, como a amburana e o cumaru/ fava tonka, cumarina, a substância que confere aquele cheiro gostoso que pode aromatizar xaropes, caldas para compotas e o leite para ser usado em sobremesas. Pouca gente usa guaco como especiaria, mas saiba que ele pode substituir o cumaru ou da amburana. E se você tem guaco em casa, não há porque perfumar pratos doces com essência de baunilha artificial.  Hoje tentei fazer um pudim de leite perfumado com guaco dentro da cavidade de uma abóbora (claro!). Está uma delícia, todo desmilinguido lá na geladeira, que solta uma baforada de cumarina toda vez que eu abro a porta. Não deu muito certo a textura, por isto posto quando acertar o ponto. 



13 comentários:

Jennifer Souza disse...

Que legal!

angela disse...

O abacateiro está dando! seca ao sol, é isso? Estou usando copinho de café plástico, porque já veio na casa, não comprei não, mas tenho de recortar , nãoé ecológico, coisa e tal.

Neide Rigo disse...

Angela, sequei a casca do abacateiro sob sol, sim. Mas pode ser na sombra, em tempo seco. Bj,n

DriShortinho disse...

Meus olhos me enganam ou o cacto é uma pitainha?

Zezé disse...

Neide, o coco leva cerca de 80 anos para se decompor, é por isso que é tão importante o reaproveitamento em vasos, fibra para compostagem, etc

Fabiane disse...

Uso os rolinhos do papel higienico que coloco apertadinhos em uma caixa de papelão. Na hora de plantar vai com rolinho e tudo (sem a caixa). Fiz mudas de Araucária, alecrim...reparei que as minhocas adoram o rolinho, tenho que cuidar, senão a muda fica só na terra.

Gilda disse...

Como disse Zezé, o coco demora muito para decompor. Será que a pobre da plantinha consegue sair de dentro dele por conta própria? Estive pensando em testar a casca do maracujá. Já usei cascas de ovos para sementes bem pequenas, mas tem que molhar mais de uma vez por dia, de tão pequenas. E já apanhei muito daquela parte da folha de palmeira da qual você ensinou a fazer pratinhos, mas destas ainda não desisti.

Amara disse...

Neide,
Mais uma vez você nos apresenta ideias maravilhosas.
Realmente é uma dúvida se o coco serve como tubete para plantar, mas certamente servirá como vaso.
Vou usar para os morangos e outras plantinhas.
Grata,

Telma disse...

Olá, Neide.
Vi o guaco no coco. Mas diga-me: vc come guaco ou está criando pra fazer chá, com uso medicinal?
Hoje eu achei na Cobal e estou com um molho aqui na cozinha, eu olhando pra ele e ele olhando pra mim.
tb achei saião e a mesma pergunta se impõe: come-se?
abraços,
Telma

Neide Rigo disse...

Telma,
o guaco só uso para chá e para aromatizar leite (a ser usado em bolos, pudins, etc).
Um abraço,
n

Telma disse...

Valeu, Neide!
Obrigada.
Acho, então, que vou me fartar com chá....
bjs
Telma

Anônimo disse...

Entrei no blog a procura de mudas de guaco, ja curei minha sinusite fazendo xarope caseiro,agora minha netinha está com sinusite e procuro desesperadamente.moro no nordeste,nao conhecem.quem puder me ajudar.email marerarelu@hotmail.com bjs

Deborah Monteiro disse...

que dicas ótimas !! vou tentar no abacate ! estou usando as cascas dos ovos como sementário mas não sei como proteger do frio e do vento.
adorei suas dicas , obrigada !