sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Pão de batata doce

Comprei batata doce no supermercado, aquela com casca rosada, e estava preparada para uma polpa branca, já que roxa não era. Mas quando cortei para cozinhar, surpresa, era alaranjada. Aqui em São Paulo as batatas alaranjadas não são muito comuns. Deve ser coisa da Embrapa, que está envolvida no resgate de variedades de batatas mais nutritivas, com mais beta-caroteno. Cozinhei, amassei e fiz um pão, economizando trigo. Não sem antes experimentar um naco, super macia e doce.

Pão de batata doce
750 g de batata doce em purê (3 xícaras e 1/4 aproximadamente)
1 envelope de fermento biológico seco ou 1 colher (sopa) - 10 g
2 colheres (sopa) de água
3 colheres (sopa) de óleo
1/2 colher (sopa) de sal
650 g de farinha de trigo (um pouco mais ou pouco menos dependendo da umidade da batata)
Leite e fubá, opcionais, para a cobertura
A batata doce com casca, cortada em rodelas e coberta com água, deve ser cozida até ficar bem macia e, em seguida, deve ser descascada e amassada para purê. Pese 750 g e deixe esfriar. Misture o fermento com a água e espere dissolver bem. Junte ao purê de batata-doce numa bacia e misture bem. Adicione, então, o óleo, o sal e a farinha de trigo aos poucos, misturando bem com as mãos. A farinha deve ser adicionada aos poucos até que a massa não grude mais nas mãos. Se preferir, faça todo este processo no modo "massa" da máquina de pão. Deixe a massa crescer, coberta, até dobrar de volume. Divida-a em duas partes, molde os pães e coloque-os em assadeira untada. Cubra com pano e deixe crescer novamente. Pulverize leite e polvilhe fubá na superficie. Faça cortes e leve ao forno pré-aquecido quente. Deixe assar por 10 minutos. Abaixe o fogo e asse por mais 50 minutos ou até que fique dourado.
Rende: 2 pães

12 comentários:

Gina disse...

Neide,
Sabe que a sempre procuro a batata doce de polpa roxa e não encontro. Tudo bem que tem uma época, mesmo na época certa, nem no Mercado Municipal eu encontro.
Ainda não fiz pão com batata doce, mas quando fizer, virei buscar a receitinha aqui, com certeza.
Bjs.

Leila disse...

Ficou lindo.
Feliz 2011 Neide.
bjs

veronika paulics disse...

muito bom. mas, cuidado, parece que aqui em são paulo é um pão que atrai tempestades... bj.

Neide Rigo disse...

Gina, por aqui também é difícil. Só vejo pra compar na feira de orgânicos do parque da água branca. Tenho um pão com ela aqui: http://come-se.blogspot.com/2010/05/pao-de-batata-doce-roxa.html

Leila, obrigada. Feliz 211 pra você também.

Veronika, para ninguém ficar pensando que meu pão traz mau agouro, com sua licença, devo esclarecer aos leitores seu comentário hermético:

É que levei este pão pra Veronika na quarta-feira, logo depois da foto - faltando a ponta, portanto -, e naquela tarde, como em todas as últimas tardes, caiu uma chuva torrencial por aqui. Enquanto comíamos pão com café sossegadamente com a visão da chuva pelas janelas abertas, uma tempestade derrubava árvores e ameaçava outras lá fora. Foi uma tarde desastrosa para nosso bairro e tanto ela quanto eu só soubemos disso no outro dia. Isto que dá andar a pé (http://andoape.blogspot.com/)

beijo, N

angela disse...

Será que essas serão as sweet potatoes? sempre que vejo uma receita americana de sweet potatoe me parece abóbora, não me convenço que é batata doce.
Planto batatas doces aqui,nem roxas, nem amarelas. Brancas, mas que ficam logo cinza ao serem cortadas. Gosto de assá-las simplesmente. Mas são feias.
Já fiz biscoito de batata doce, tentarei o pão!( mandei o presente hje)
http:cafezinhocombiscoito.blogspot.com

Fernando disse...

Quando eu trabalhava em assentamentos rurais no oeste paulista (região de Andradina), via muito batatas doces alaranjadas. Alaranjadas não, laranjíssimas! Elas eram pequenas, pouco maiores que inhames e, depois de cozidas, ficavam da cor de cenouras ou de abóboras mesmo e eram as mais doces que eu já comi.

Neide Rigo disse...

Angela, talvez as sweet potatoes sejam um pouco mais fortes na cor, mas são batatas doces igual (as outras, se não me engano, são chamadas de yam - olha a confusão!)

Fernando, fiquei com desejos encontrar destas pela frente. Adoro batatas doces.

Um abraço, N

Anônimo disse...

Olá Neide, já acompanho seu blog há um tempo, e num dos posts vc fez um comentário sobre maquina de fazer pão que traduziu meu interesse pelo equipamento: vc disse que a maquina faz o trabalho e garante a fermentação.(algo por aí...)mas que vc usa o forno prá assar pq tijolo de pão não dá né!
Eu tenho pensado em comprar uma, mas não quero arrumar um elefante branco...então vim pedir sua opinião (sim,vc já deu!rsrs)Vc acha que vale mesmo o investimento?Dá prá fazer qqr pão na máquina?
bjs!
Dadi

Neide Rigo disse...

Dadi, se vale a pena ou não depende de cada um. Acho que quem gosta de pão de padaria, ou quem tem uma boa padaria por perto, dificilmente vai de uma hora pra outra trocar tudo isto por pães caseiros. Mas se você já faz pão, tem hábito de consumi-lo diariamente e não se incomoda que no outro dia ele já não será tão macio quanto um de padaria, aí sim a máquina vai ser um ótimo investimento. Pra mim foi. Mas avalie bem. Eu faço qualquer pão nela porque uso só pra amassar, como você observou. Não sei se ajudei.

Um abraço,
N

Sylvia Kawamukai disse...

Oi Neide,
Fiz o pão e ficou muito bom!!! Pode ser que tenha ficado um pouco mais pesado que o seu porque eu sovei a massa na mão, não tenho máquinha de fazer pão.
Meu marido e minha filha também adoraram o pão.
Tenho uma dúvida: o pão pode ser congelado?
Parabéns pelo blog, é muito legal.
Vi sua entrevista na Vogue deste mês e desde então entro no seu blog todos os dias.
Eu e minha filha temos intolerância à glúten e lactose e está sendo muito bom te acompanhar.
Sucesso e beijos.

Neide Rigo disse...

Sylvia!
O pão pode ser congelado, sim. É só embalar bem. Na hora de consumir talvez fique melhor se cortar em fatias e aquecer na torradeira.
Que bom saber que está gostando do Come-se. Um abraço, N

ROSELI LUZ disse...

COMO DIZIA O SAUDOSO BENJAMIM ABRÃO MEXER COM FARINHA DE TRIGO FAZER PÃES DÁ SORTE, EU AMO FAZER PÃES E ADOREI SUAS RECEITAS COM BATATA DOCE VOU FAZER HOJE MESMO.