sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Uns maxixes e uma melancia

Citrullus lanatus ou melancia, africana. Cucumis anguria ou maxixe, da África. Uma espécie trepadeira, a outra rastejante. As duas, Cucurbitáceas de família. Uma, espermatozoide de dinossauro, a outra, esfera conjugal. O que daria o cruzamento de uma com outra? Homem-mamona, mulher-melancia ou Melanxixesauro nhac? Não, não bebi. É o calor que me deixa assim. Bom fim de semana!

19 comentários:

Dani disse...

essa foi boa...rs

Marcia H disse...

rsrsrs a foto ficou D+

Domingos disse...

Blog interesante, inteligente, muito bem ilustrado. Após ter sido trazido cerca de cinco vezes até ele pelo google, devido a minhas pesquisas no campo de botânica só me resta parabenizar a proprietária.

Neide Rigo disse...

Domingos, obrigada. Fico feliz em saber! Um abraço, N

Anônimo disse...

Nao sei o que vai dar, mais que parece os espermas e ovulo parece. Foto de um artista profissional. Beijos Denise.

Juliana disse...

Adorei a foto!!

Lu disse...

Ficou uma graça, essas fotos!
Gostei! Criativo!

Sabe, ontem usei numa salada, maxixe cru cortado as fatias, (não pode ser aquele bem maduro)é gostoso.
Minha mãe gosta muito de maxixe, no feijão.

Neide! Um excelente final de semana
pra vc!

Abraços!

Daniel Brazil disse...

Pior é se nascer um mulher-maxixe...
Mas a foto está linda!

Claudiaroma disse...

Achei demais...parabéns! adorei Cláudia

coraçãodemaçã disse...

Olá Neide!
Fertilização assistida?
Trepando e rastejando, as suas Cucurbitáceas sairão, certamente, à família... Que mais poderiam ser?. Dri

Dricka disse...

Querido Daniel Brazil, não dê idéias pelo amor de Deus!! Meu maior medo é o apodrecimento dessa feira toda que anda solta pela midia.KKKKKK

Janete Borges disse...

A D O R E I Neide!!! O calor realmente faz coisas incríveis!!!

smello disse...

Adorei a ideia da sua foto. Genial.
Quando era adolescente iamos muito ao "Bar do Maxixe" em Recife, a proprietária dona Alzira(soube que um "cliente" a matou por causa de 6 reais...) fazia um maxixe de coco divino...Tinha uns camaroezinhos dentro. Era otimo. Fora isso, só conhecia no feijao e o maxixe que meu pai dava pros passarinhos...

cronicas gulosas disse...

divertidíssimo este cruzamento!

Cristina Welle disse...

Mas afinal qual será o nome do bebê entre o maxixe e a melancia...maxilancia ou será melanxixe!?!?!?
Amei as fotos!!! rsrsrsrsrs

disse...

a foto ficou sensacional!!! este blog é sensacional!

Neide Rigo disse...

Obrigada pelas dicas, Lu!

Smello, história triste, mas estou sonhando com este prato.

Aos outros leitores, obrigada por entrarem na brincadeira. Que bom que gostaram.

Um abraço,
N

Priscila Beneducci disse...

Vc é o maximo, amei.... Que legal.

Priscila Beneducci Feliz 2011

Alessandro disse...

As Cucurbitáceas adoram essas "saliências"!! Vejam também o caso de amor entre o papai abóbora (Cucurbita moschata) e a mamãe moranga (Cucurbita maxima) que resultou no Híbrido Tetsukabuto ou, simplesmente, cabotiá. Mas a família é unida pois como as flores masculinas da cabotiá são estéreis, é preciso haver plantas de abóbora ou de moranga próximas para haver polinização e produção de cabotiazinhas!!