terça-feira, 5 de outubro de 2010

Cerimônia do Chá n´A Loja do Chá

Na semana passada a Carla Carla Saueressig, d´A Loja do Chá, me convidou para participar de uma Cerimônia do Chá preparada por mulheres do Centro de Chadô Urasenke do Brasil. Na cultura japonesa, o Chadô ou caminho do chá é um dos muitos caminhos de expressão artística, assim como o Gadô, caminho da pintura; o Haikaidô, caminho do haikai; Tôgeidô, caminho da cerâmica e outros tantos dô - o sufixo significa caminho para o aprimoramento espiritual. Durante a cerimônia todos os elementos que compõe o ambiente têm um significado e padrões bem definidos, do jardim japonês ou Roji ao tamanho da tigelinha de cerâmica. Todo o gestual também é marcado pelo esmero, delicadeza e perfeição dos movimentos. São quatro os fatores que compõe a momento: o social, o cerimonial, o asséptico (higienização) e o artístico. Mas estão presentes seis elementes: de natureza religiosa, natureza filosófica, ética, artística, acética e social. Precisa tempo para entender e apreciar. Para quem quiser se aperfeiçoar nestes ensinamentos, o Centrô de Chadô oferece cursos.

Na medida do possível gravei alguns passos para dividir com você, especialmente se nunca participou de uma cerimônia como esta (quem se sentou comigo, a Rose Benedetti, não sabia que eu estava filmando, por isto aparece sua fala em vários momentos). Fica como registro.

E faço, no segundo vídeo, um passeio para mostrar a quem ainda não conhece A Loja do Chá, que fica num cantinho charmoso do Shopping Iguatemi. Lá você vai encontrar vários tipos de chá a granel, da marca alemã Tee Gschwndner, orgânico, em sabores para todos os gostos. E ainda xícaras e chaleiras de louça, vidro, cerâmica, além de vários apetrechos para o serviço de chá.
A Loja é ainda um um bom lugar para comprar presentes além de passar momentos agradáveis tomando chá quente ou gelado, preto, claro ou colorido, comendo bolinhos e outras gostosuras. Algumas inventadas e perpetradas pela própria Carla, que você pode conhecer no segundo vídeo, mostrando as peças do meu amigo Rui Gassen, vendidos em sua loja. Aliás, o trabalho dele já está virando raridade, já que no ano que vem a família ceramista vai se mudar para Barcelona. Se quiser saber o que já falei dele por aqui, é só ir na caixa de busca aí em cima. É muito assunto. Sorte que o Come-se tem um monte de peças Rui Gassen na coleção.

2 comentários:

Cebolinhando disse...

Nossa, essa loja é uma delícia! E li, faz um tempo, sobre a cerimônia do chá e vc me relembrou de tudo. É impressionante, não é mesmo? Tudo tem o seu "pq", um significado, cada gesto que carrega milhares de anos de tradição! Realmente lindo!

Daniel F. Moura disse...

OI, vim visitar seu blog ... Achei o maximo, muitas dicas legais...

abraço
Daniel Moura
http://feitonahora.blogspot.com/