quarta-feira, 4 de agosto de 2010

O vídeo das galinhas



Este foi o vídeo de abertura da aula "Cozinha sem-vergonha: galinha de cabo a rabo", editado pela fotógrafa e amiga Inês Correa. Toda vez que vejo fico um bocado emocionada, talvez por aparecerem aí meu pai, minha mãe, as galinhas morrendo. E também pela amizade, generosidade e competência da Inês que consegue transformar filmagens bem toscas em filme de arte (as fotos dela são imprescindíveis para isto).

E esta edição foi presente da talentosa editora Leda Pasta, amiga da Inês que eu não conheço pessoalmente. O vídeo ficou rodando enquanto as pessoas ainda se acomodavam. O "nossa!" é bem meu.

7 comentários:

veronika paulics disse...

lindo o vídeo da galinhada. a edição, o ritmo, as imagens. parabéns, neide, parabéns, inês. vou já já contar para todo mundo. bjs. veronika

Inês Correa disse...

ah neide, querida, voce também consegue me deixar muito emocionada com facilidade. obrigada. beijo

Patrícia disse...

Não contive as lágrimas, mais uma vez obrigada! Como as coisas simples são belas.

Dricka disse...

ah Neide, a querida Dadivosa disse tudo no delicado texto dela, mas não tem como não chover no molhado: O trabalho de vocês é lindo, lindo, lindo! Maravilha eu poder viver no tempo de vocês e assistir tanto amor, dedicação e perfeição disfarçada em simplicidade. Vocês tres ficam perfeitas juntas! Vivo para o dia que todos seus esforços sejam coroados e aprendamos a realmente alimentar nosso povo.
Bjs

Isabel disse...

Neide sigo seu blog a muito tempo, gosto de tudo que faz. Mas o vídeo das galinhas é emocionante, talvez porque me transportou para minha infância, pais e avós, enfim uma rotina de vida muito difente da atual...O silencio e os sons da roça são maravilhosos!

Inês Correa disse...

Veronika querida, lindas as suas imagens também, afinal vc faz parte do video da galinhada (haha). Ops, estou comentendo uma invasão Neide! Beijos

Fernanda Scagliusi disse...

Neide, parabéns a vc e a toda a equipe envolvido, o trabalho e o vídeo estão maravilhosos!