quinta-feira, 24 de junho de 2010

Ipê-roxo-de-bola. Alimento para corpo e alma


Tabebuia impetiginosa ou ainda ipê-una, ipê-de-minas, ipê-roxo-do-grande, piúna, piúna-roxa
Não, não se come. Mas deu vontade de mostrar. Não sei se você reparou, mas o entorno de São Paulo está colorido de rosa. Outono e inverno para alguns é assim. Hora de se despir de folhas finas e se fantasiar com casaco de flores virgens assanhadas para colher os frutos em vagem na primavera. No último passeio que fiz a Cunha, fiquei impressionada com a quantidade de ipês-roxos-de-bola floridos nas estradas - tanto na Carvalho Pinto quanto na Dutra. Aquelas bolotas cor-de-rosa constrastanto com o azul anil de um ceu sem nuvens alimentam de poesia corpo e alma para o resto do ano.

11 comentários:

Nina disse...

Que lindos, Neide!

Amo ipês, roxos e amarelos.

Nada como um alimento para a alma...

Beijo!

Juliana disse...

Faz bem pra alma mesmo! Que coisa mais linda.
Aqui onde moro, no PR, as avenidas estão repletas de Ipês em flor.
Lindo de se ver.

bjs

Mariângela disse...

Neide,que lindo.Porto Alegre també, está tão linda,e sempre fica exuberante e colorida primavera e outono.Também estamos correndo tanto que não tens noção..beijo!!

Sill disse...

Adoro os Ipês..soube q há dos brancos lá pras bandas do Pantanal...vc conhece? Tem fotos?
bjks

Anônimo disse...

É isso, Neide, alegram a vida só de olhar pra eles. Beijo. chus

Dricka disse...

Neide esses dias mesmo estava pensando: é uma pena não termos estações bem definidas aqui, mas dei uma olhada em volta e pensei: sabe de uma? é maravilhosa essa primavera constante que temos nesse pais tão tropical. Estamos tão acostumados a importar costumes que por vezes deixamos de valorizar coisas tão lindas e simples quanto um pé de ipê florido.
Bjs

heguiberto disse...

Neide,
Que coisa exuberânte que é o Brasil.
Árvores lindas!
Fica de olho no Ipê amarelo que floresce em Agosto. Também um show imperdível.
Heguiberto

Dalva Tupinambá disse...

Neide, aqui em Águas da Prata, primeiro são as paineiras que florescem,depois é a vez dos ipês, estes de bolas que parecem pompons são lindos. Mas eu digo que são rosa e não roxos.Sou fascinada por estes ipês de bola.No meu blog fiz questão de colocar porque é uma beleza tão grande que não quero guardar só pra mim.
Grande abraço!

Anônimo disse...

Neide, COME-SE, sim.
Com os olhos. E a alma se alimenta.
QUE LINDO!!tambem amo os Ipês, aqui no CE, o mais comum é o amarelo.Mas não é comummmmm.
Vou te mandar foto dos meus dois Ipês, um amarelo e um roxo,que estão florando devagarinho, saindo de mim atraves da agulha e linha.
Um abraço
Cristina

Neide Rigo disse...

Nina, eu também me emociono com todos.

Juliana, que bom saber.

Mari, então o Brasil está florido de ipê, eba! Saudade!

Sil, não conheço do branco. Ou nunca reparei. Vou prestar atenção.

Chus, nem fale!

Drika, é verdade, você tem razão.

Heguiberto, eu já fotografei os amarelos. São lindos.

Cristina, mande sim.

um abraço, N

Daniel Brazil disse...

Belezura!